Página Inicial Institucional Cursos Exames Blog Links Contato
 
 
Aliança Francesa Caxias do Sul
 
     

Blog

   
  » ARQUIVO
  » Abril
  » Fevereiro
  » 2016
  » 2015
  » 2014
  » 2013
  » 2012
  » 2011
  » 2010
  » 2009
   
  » MARCADORES
  » AF
  » Animação
  » Anniversaire
  » Arquitetura
  » Artes
  » Automobilismo
  » Beleza
  » Biografia
  » Capacitação
  » Carros
  » Ce que j'ai vu en France
  » Cesar Mateus
  » Ciência
  » Cinema
  » Claudete Travi
  » Confraternização
  » Culinária
  » Cultura
  » Curiosidades
  » Dança
  » Design
  » Dicas
  » Entrevista
  » Escultura
  » Esportes
  » Evento
  » Fenêtres Ouvertes
  » Fotos
  » Frisson em Paris
  » Frisson em Paris 2012
  » História
  » HQ
  » Ilustrações
  » Imprensa
  » Intercâmbio
  » La première fois que j’ai vu...
  » Literatura
  » Marília Galvão
  » Meio ambiente
  » Moda
  » Música
  » Pintores
  » Plume d'Or
  » Polêmica
  » Política
  » Promoções
  » Publicidade
  » Resenha
  » Revista
  » Solidariedade
  » Teatro
  » Trabalhos de aula
  » Turismo
  » TV
  » Viagem
  » Vídeo
  » Visitas
 
 
Segunda-Feira, 05 de janeiro de 2015

De olho no futuro

 
Quando se diz que uma nação está se preparando para o futuro, logo se imagina evolução científica e tecnológica. Não deixa de ser verdade, mas no caso da França, o foco no futuro está na própria possibilidade de vida.

Paris sediará, em dezembro desse ano, a conferência das Nações Unidas, e o objetivo do presidente François Hollande é propor que nações de todo o mundo façam história assinando um pacto climático global.

Segundo o presidente, existe um relatório do IPCC alertando para um aumento de 4ºC até 2100 causado pelo efeito estufa. Isso representa uma catástrofe climática que poderá incluir, além de desastres naturais que ceifarão milhares de vidas, também a extinção de espécies e a escassez de alimentos.

A França alerta: medidas precisam ser tomadas com urgência, e Hollande está disposto a levar como legado do seu governo ações que auxiliem na manutenção da vida no planeta. A gente torce que ele tenha sucesso.
         

 
Marcadores: AF, Ciência, Evento, Meio ambiente, Política
Comentários (0)
 
Quarta-Feira, 15 de outubro de 2014

Fazendo as contas

 
Fazendo as contas, o resultado é mais um Nobel pra França. Mal publicamos a vitória da França no Nobel de literatura e mais um nome francês entrou pra história. Dessa vez o economista e professor da Universidade de Toulose, Jean Tirole, de 61 anos, faturou o prêmio, claro, em sua área, economia.

Tirole já vinha flertando com o Nobel há alguns anos, mas apesar disso se disse surpreso com a vitória; "Você não é um juiz muito bom dos próprios trabalhos, então não é algo que eu esperava", afirmou o vencedor.

A vitória veio em seu trabalho de análise do poder e regulação do mercado, mas já vinha se destacando no mundo científico desde a década de 1980 com suas pesquisas sobre falhas de mercado. Segundo o portal de notícias G1 "Suas análises sobre empresas com poder de mercado resultaram em uma teoria unificada com uma forte influência sobre questões políticas centrais: como o governo deveria lidar com fusões e cartéis e como deveria regular os monopólios."

Jean Tirole é o terceiro francês a ser premiado com o Nobel de Economia, e o primeiro em nosso século.
         

 
Marcadores: AF, Biografia, Ciência, Cultura, Curiosidades
Comentários (0)
 
Quinta-Feira, 28 de março de 2013

Arco-íris "horizontal" deixa Paris ainda mais linda

 
Que a Cidade Luz é linda até em dia de chuva todo mundo sabe. Mesmo assim, a Nasa fez sua parte para ilustrar isso. O site da  agência divulga, diariamente (como o próprio nome diz),  uma imagem de astrononia na seção "Astronomy Picture of the Day" (algo como "fotografia astronômica do dia"). Ontem, 27 de março, Paris foi a estrela da seção, com uma belíssima foto de seu arco-íris horizontal.

O site explica que se trata de um arco-íris comum, mas que, graças à posição muito alta do Sol, o arco-íris fica baixinho. Isso ocorre porque o centro do arco-íris fica em posição exatamente oposta ao Sol. Assim, a luz do astro rei refletindo sobre uma chuva muito distante produz o efeito que vemos na imagem.
         

 
Marcadores: Ciência
Comentários (0)
 
Segunda-Feira, 27 de agosto de 2012

Dinossauro de 75 milhões de anos é descoberto na França

 
Paleontólogos descobriram, na cidade de Velaux, sudeste da França, um esqueleto de dinossauro de 75 milhões de anos. Batizada de "Atsinganosaurus velauciensis" (dinossauro cigano), a nova espécie mediria cerca de 12 metros de comprimento e seria herbívora. Segundo foi divulgado, cerca de 70% do esqueleto do animal foram encontrados.

As escavações na localidade tiveram início em 2002, mas foram mantidas em sigilo para evitar a pilhagem. Além da nova espécie, diversos outros fósseis do período Cretáceo Superior foram encontrados, animando a comunidade científica. Os ossos seguem para análise em Poitiers e Bruxelas para, posteriormente, serem expostos no museu de Velaux.
         

 
Marcadores: Ciência
Comentários (0)
 
Página 1 2 »
     
     
 

Parceiros

                   
 
 
  Aliança Francesa Caxias do Sul  
Facebook Twitter  
Rua Coronel Flores, 749, sala 202 - 54 3221.5212
 
 
  Desenvolvimento: WCM3 Agência Web Digital Feeling Estúdio de Criação